Bolsa de Investigação (Mestre)

Publicado 14 Junho 2018

Universidade de Coimbra

Coimbra (Construção Civil)


Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma bolsa de Investigação, no âmbito do projeto de I&D UID/FIS/04559/2013 - "LIBPhys - Laboratório de Instrumentação, Engenharia Biomédica e Física da Radiação", com a Universidade de Coimbra como Instituição Proponente, financiado pela Fundação para a Ciência e para a Tecnologia, através de Orçamento de Estado (OE), nas seguintes condições:


Área Científica: Engenharia Física.


Requisitos de admissão: Mestre em Engenharia Física.


Plano de trabalhos: Esta bolsa destina-se a um Mestre em Engenharia Física, que pretenda desenvolver atividades de investigação no âmbito da I&D de TPCs baseadas na amplificação do sinal de ionização através da produção de eletroluminescência, tendo em vista a sua aplicação nos estudos experimentais de colisões de iões pesados com elevadas taxas de interação. As TPCs convencionais são baseadas na amplificação em carga do sinal de ionização estando sujeitas a uma limitação em virtude da presença de iões positivos, provenientes da região de amplificação do sinal, na região de interação. Estes iões vão induzir a alteração do campo elétrico na região de interação e levar a distorções que dificultam a identificação das partículas e da sua trajetória percorrida no detetor. O LIBPhys-UC tem larga experiência no desenvolvimento de detetores gasosos baseados em eletroluminescência e já propôs no passado soluções para reduzir o fluxo de iões positivos para a região de interação com base na amplificação do sinal através da eletroluminescência. Propomo-nos a revisitar os conceitos anteriores e desenvolver alternativas mais competitivas utilizando foto sensores modernos e misturas de gases mais adequadas às aplicações em vista.

O bolseiro deverá realizar atividades de investigação no desenvolvimento e teste de detetores gasosos baseados em eletroluminescência, nomeadamente através da execução das seguintes tarefas:

(i) Construção e teste de um novo detetor gasoso de cintilação proporcional baseado em fotomultiplicador. Avaliação do desempenho e confirmação dos resultados obtidos.

(ii) Construção e teste de um detetor gasoso de cintilação proporcional baseado num sistema de leitura bidimensional da eletroluminescência e formado por 8x8 SiPMs com 1 cm de espaçamento.


Regime de Atividade: A atribuição da bolsa não gera nem titula uma relação de natureza jurídico-laboral, é exercida em regime de dedicação exclusiva e é atribuído ao Bolseiro o Estatuto de Bolseiro da UC, conforme o disposto no Estatuto do Bolseiro de Investigação e no Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., ambos na sua redação atual.


Local de realização da bolsa: LIBPhys-UC - Departamento de Física da FCTUC.


Duração da(s) bolsa(s): 4 meses.


Renovação: Eventualmente renovável, ao abrigo de um novo financiamento desta Unidade de Investigação.


Orientação Científica: Professora Doutora Cristina Maria Bernardes Monteiro e Professor Doutor Fernando Domingues Amaro.


Condições Financeiras da Bolsa: A bolsa ascende a ? 980,00 correspondente ao subsídio mensal de manutenção estipulado na tabela FCT. Este subsídio mensal será pago no final do mês, por transferência bancária. A este valor acresce o seguro de acidentes pessoais. O valor da bolsa não aumentará ao longo de todo o período da sua duração.


Métodos de seleção: A seleção será feita com base na avaliação curricular.


Critérios de seleção: Na avaliação curricular serão considerados os seguintes critérios:

  • Mérito absoluto do currículo (50%);
  • Publicações e comunicações em conferências (25%);
  • Motivação e autonomia (25%).

Composição do Júri de Seleção: Professor Doutor Joaquim Marques Ferreira dos Santos, Professor Doutor Luís Manuel Panchorrinha Fernandes e Professor Doutor Fernando Domingues Amaro.


Formalização de candidaturas: As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de Curriculum Vitae, carta de motivação, incluindo cópia dos certificados de habilitações e de todos os artigos e comunicações e outros elementos considerados relevantes.


Os candidatos com graus académicos obtidos no estrangeiro terão, obrigatoriamente, de apresentar os registos de reconhecimento desses graus e de conversão das respetivas notas finais para a escala de classificação portuguesa (sempre que ao grau estrangeiro tenha sido conferida uma classificação final), emitidos pela Direção-Geral do Ensino Superior ou por instituição de ensino superior público portuguesa (regime regulamentado pelo Decreto-Lei n.º 341/2007, de 12 de outubro) ou, em alternativa, apresentar o documento de reconhecimento/equivalência das habilitações estrangeiras às correspondentes habilitações portuguesas, emitido por uma instituição de ensino superior público portuguesa (processo regulado pelo Decreto-Lei n.º 283/83, de 21 de junho).


Envio de candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas, por correio eletrónico, para o endereço jmf@gian.fis.uc.pt (colocar no assunto: Bolsa Mestre processo 510556).


Prazo para formalização da candidatura: 28/06/2018 a 11/07/2018.


Data de Publicitação: 13/06/2018.


Data limite de candidatura: 11/07/2018.


Informações complementares: Os resultados da avaliação serão divulgados até 90 dias úteis a contar da data limite de submissão de candidaturas, através de envio de comunicação aos candidatos, via correio eletrónico. Após a divulgação dos resultados, os candidatos serão notificados para, caso pretendam, se pronunciarem em sede de audiência prévia no prazo máximo de 10 dias úteis após aquela data. Findo este prazo, os candidatos selecionados terão que declarar, por escrito, a sua aceitação e comunicar a data do início efetivo da bolsa. Salvo apresentação de justificação atendível, a falta da declaração dentro do prazo referido equivale a renúncia à bolsa. Em caso de renúncia ou desistência do candidato selecionado, será notificado o candidato imediatamente melhor classificado.