Bolsa de Investigação para Mestre

Publicado 26 Março 2019

Laboratório MAREFOZ da Universidade de Coimbra na Incubadora de Empresas da Figueira da Foz.

Lisboa (Educação / Formação)


Anúncio para atribuição de Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia


A Universidade de Coimbra abre concurso para atribuição de uma bolsa de gestão de ciência e tecnologia, no âmbito do projeto Protocolo MAREFOZ, com as seguintes características:

N.º de bolsas: 1.


Tipo de Atividade: O candidato ou candidata deverá ter conhecimentos na gestão, operacionalização e participação nas atividades de laboratório de investigação com equipamentos analíticos complexos. Adicionalmente deverá ter alguma familiaridade com a gestão de bases de dados, sistemas de informação geográfica (SIG) e modelos hidrodinâmicos (e.g. MOHID), assim como conhecimento da Diretiva-Quadro da Água Europeia e da Diretiva Estratégia Marinha Europeia.


As tarefas a desenvolver incluem: a) Aprendizagem e acompanhamento de trabalho técnico com IRMS, TOC, HPLC, Cromatografia Iónica, Autoanalyser; b) Aprendizagem e acompanhamento da gestão de bases de dados e operação com SIG, nomeadamente no âmbito da avaliação e gestão de qualidade ambiental; c) Participação em trabalho de campo a bordo embarcações de investigação; d) Elaboração de relatórios de atividades; e) Participação na preparação de candidaturas a financiamentos para I&D; f) Interface com utilizadores de resultados de investigação, nomeadamente do meio empresarial..


Financiamento: Protocolo com o Município da Figueira da Foz.


Destinatários da (s) bolsa (s): Doutoramento em Engenharia do Ambiente. Doutoramento na área indicada;.


Local de realização da (s) Bolsa (s): Laboratório MAREFOZ da Universidade de Coimbra na Incubadora de Empresas da Figueira da Foz.

Duração da (s) Bolsa (s): 12 meses.


Renovação: Eventualmente renovável durante a vigência do protocolo.


Orientação Científica: Professor Doutor João Carlos de Sousa Marques.


Condições Financeiras da Bolsa: A bolsa ascende a ? 1950,00 correspondente ao subsídio mensal de manutenção estipulado na tabela FCT (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). Este subsídio mensal será pago no final do mês, por transferência bancária (A este valor acresce o seguro social voluntário correspondente ao primeiro escalão, caso o candidato opte pela sua atribuição, bem como o seguro de acidentes pessoais). O valor da bolsa não aumentará ao longo de todo o período da sua duração.


Regime de Atividade: A atribuição da bolsa não gera nem titula uma relação de natureza jurídico-laboral, é exercida em regime de dedicação exclusiva. É atribuído ao Bolseiro o Estatuto de Bolseiro da UC, conforme disposto no Estatuto do Bolseiro de Investigação, no Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., ambos na sua redação atual.


Método (s) de seleção: Avaliação curricular e Entrevista.


Critérios de seleção e atribuição: A avaliação dos candidatos e candidatas será realizada tendo em conta a valia do seu CV, em termos de mérito académico absoluto e adequação, assim como a experiência anterior e a motivação, de acordo com as seguintes ponderações:

a) Mérito académico absoluto do CV (ponderação de 10%);

b) Adequação do CV (ponderação de 25%);

c) Percurso anterior em atividades relacionadas com a posição aberta (ponderação de 20%);

d) Entrevista (ponderação de 45%)


Elevada adequação do CV à posição e às atividades a desempenhar;

Conhecimentos anteriores evidenciados;

Capacidade de trabalhar harmoniosamente no quadro de uma equipa multidisplinar;

Independência, motivação e compromisso com o trabalho;

Domínio escrito e falado das Línguas Portuguesa e Inglesa;

É indispensável (condição de exclusão) o candidato ou candidatada ter: a) Carta de condução há pelo menos dois anos e experiência de condução, b) Habilitação com Carta de Marinheiro ou superior;.


Formalização da candidatura: As candidaturas deverão ser apresentadas acompanhadas da seguinte documentação: a) Curriculum Vitae detalhado e assinado; b) Cópia dos documentos comprovativos dos graus académicos; c) Documento de identificação (bilhete de identidade, cartão de cidadão, passaporte, ou equivalente); d) Nomes e detalhes de contato de três avaliadores independentes susceptíveis de fornecer referências sobre o candidato ou candidata. Todos os documentos deverão ser fornecidos em formato PDF.

Os candidatos com graus académicos obtidos no estrangeiro terão de apresentar Certidão de registo de reconhecimento de acordo com a legislação aplicável.


Envio da candidatura: As candidaturas devem ser enviadas por e-mail, ao cuidado de Professor Doutor João Carlos Marques (professor Catedrático, Universidade de Coimbra) ([email protected]), com cópia para Secretariado do MARE em Coimbra, ao cuidado da Dra. Vânia Pereira ([email protected])..


Composição do júri de seleção: Professor Doutor Jaime Albino Ramos, Professor Doutor João Carlos de Sousa Marques e Professor Doutor Manuel Augusto Simões Graça.


Prazo para formalização da candidatura: Entre 27/03/2019 e 09/04/2019.


Data de Publicitação: 26/03/2019.


Data limite de candidatura: 09/04/2019.


Informações complementares: Os resultados da avaliação serão divulgados até 90 dias úteis a contar da data limite de submissão de candidaturas, através de envio de comunicação aos candidatos, via correio eletrónico. Após a divulgação dos resultados, os candidatos serão notificados para, caso pretendam, se pronunciarem em sede de audiência prévia no prazo máximo de 10 dias úteis após aquela data. Findo este prazo, os candidatos selecionados terão que declarar, por escrito, a sua aceitação e comunicar a data do início efetivo da bolsa. Salvo apresentação de justificação atendível, a falta da declaração dentro do prazo referido equivale a renúncia à bolsa. Em caso de renúncia ou desistência do candidato selecionado, será notificado o candidato imediatamente melhor classificado.