Bolsa de Iniciação à Investigação (BII)

Publicado 26 Janeiro 2021

IPL - INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA

Lisboa (Educação / Formação)


1. Descrição do cargo/posição/bolsa
1. Job description


Cargo/posição/bolsa:
Bolsa de Iniciação à Investigação (BII)
Referência: Stimuli2BioScaffold/PTDC/EME-SIS/32554/2017/BII
Área científica genérica: Mathematics
Área científica específica: Applied mathematics


Resumo do anúncio:
O Politécnico de Leiria através do Centro para o Desenvolvimento Rápido e Sustentado de Produto ( CDRSP) abre concurso para atribuição de uma Bolsa de Iniciação à Investigação (BII), no âmbito do projeto ?Stimuli2BioScaffold - Stimuli modelling for BioScaffolds: from numerical modelling to in vitro tests (PTDC/EME-SIS/32554/2017)?, destinada a estudantes em licenciatura de Matemática Aplicada ou áreas afins, com a duração de 5 meses não renovável.

Texto do anúncio
O Politécnico de Leiria abre concurso para a atribuição de uma Bolsa de Iniciação à Investigação (BII), no âmbito do projeto ?Stimuli2BioScaffold - Stimuli modelling for BioScaffolds: from numerical modelling to in vitro tests (PTDC/EME-SIS/32554/2017)?, cofinanciado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I. P. e pelo COMPETE 2020 - Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, no âmbito do Programa PORTUGAL 2020, através do FEDER ? Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, nas seguintes condições: . ÁREA CIENTÍFICA: Matemática Aplicada. . DESTINATÁRIOS: Estudantes em licenciatura de Matemática Aplicada ou áreas afins. . DURAÇÃO DA BOLSA: A bolsa terá à duração de 5 meses, não renovável, com inicio em abril 2021. . PLANO DE TRABALHOS: Desenvolvimento de métodos numéricos e matemáticos aplicados na otimização de scaffolds para regeneração de tecidos. . ENTIDADE DE ACOLHIMENTO E ORIENTAÇÃO CIENTÍFICA: O trabalho será desenvolvido no Centro para o Desenvolvimento Rápido e Sustentado de Produto sob orientação cientifica da professora Paula Cristina Rodrigues Pascoal Faria. . COMPONENTES FINANCEIRAS DA BOLSA: Subsídio mensal de manutenção, no valor de ? 416,12, conforme tabela de valores da FCT, I.P.(https://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). A este valor acresce o valor mensal referente ao Seguro Social Voluntário, caso se aplique, de acordo com as condições definidas no Estatuto do Bolseiro de Investigação. O bolseiro beneficiará de um Seguro de Acidentes Pessoais, no decurso da bolsa. . PAGAMENTO: O valor da bolsa será processado mensalmente, por transferência bancária, para a conta identificada pelo bolseiro . REGIME DE ATIVIDADE: Exclusividade, de acordo com a regulamentação aplicável . PAINEL DE AVALIAÇÃO: O júri responsável pela avaliação das candidaturas será´ constituído pelos Professores Doutores: Paula Cristina Rodrigues Pascoal Faria (presidente), Nuno Manuel Fernandes Alves e Sandra Cristina Fernandes Amado e (vogais efetivos); Artur Jorge dos Santos Mateus e Nelson Martins Ferreira (suplentes). . PRAZO DE CANDIDATURAS: 10 de fevereiro de 2021 a 23 de fevereiro de 2021. . MÉTODOS DE SELEÇÃO E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: A avaliação será feita mediante análise curricular e eventual entrevista, e incidirá sobre o mérito do candidato, de acordo com o seguinte: a) Habilitação Académica de base(HA): b) Experiência Profissional/Académica (EPA); c) Conhecimentos específicos(CE): Experiência na resolução de problemas de (bio)física utilizando modelação matemática e numérica; competências de programação; domínio de diferentes softwares de programação (MatLab, Python); conhecimentos de otimização topológica; sendo a nota final NF = [HA0,5 + EPA0,2 + CE0,3]. Se o júri decidir por deliberação fundamentada, os três primeiros classificados na análise curricular serão convidados para uma entrevista (ENT), sendo a nota final (NFE) = [NF0,8 + ENT*0,2)]. Observação: Caso o(s) candidato(s) detentor(es) de habilitação(ões) estrangeira(s) não apresente(m) o(s) documento(s) comprovativo(s), em fase de candidatura, do reconhecimento do grau ou diploma estrangeiro e da conversão da classificação para a escala de classificação portuguesa, o júri estabelece a conversão, apenas para efeitos do concurso, tendo por base as regras do regime legal aplicável ao reconhecimento de graus e diplomas estrangeiros ou, quando impossível, aplica a classificação mínima de 10 valores. Salientamos que os graus académicos obtidos em países estrangeiros necessitam de registo por uma Instituição Portuguesa de acordo com o Decreto-lei nº. 66/2018, de 16 de agosto e a Portaria nº. 33/2019, de 25 de janeiro. A apresentação do certificado é mandatória para a assinatura do contrato. Mais informação poderá ser obtida em: https://www.dges.gov.pt/pt/pagina/reconhecimento?plid=374. . ELEGIBILIDADE DE CANDIDATOS: Sem prejuízo do disposto nas normas aplicáveis a cada tipo de bolsa, são elegíveis para atribuição de bolsas os: a) Cidadãos nacionais ou cidadãos de outros Estados membros da União Europeia; b) Cidadãos de Estados terceiros; c) Apátridas; d) Beneficiários do estatuto de refugiado político. . CANDIDATURA | FORMALIZAÇÃO E ELEMENTOS DOCUMENTAIS: As candidaturas deverão ser dirigidas ao presidente de júri através do email [email protected] ou submetidas através do link https://intranet.ipleiria.pt/cris/candidaturas com os seguintes documentos: - Formulário de candidatura disponível em www.ipleiria.pt ; - Documento(s) comprovativo(s) das classificações obtidas por unidade curricular; - (opcional em fase de candidatura) Documento comprovativo de matrícula e inscrição em ciclo de estudos - Curriculum Vitae atualizado do candidato; - Documento(s) comprovativo(s) de outro(s) parâmetro(s) de avaliação indicado(s) no aviso de candidatura; - Outras certificações e/ou outros documentos considerados relevantes pelo candidato . RESULTADOS | DIVULGAÇÃO E RECLAMAÇÃO: O júri enviará aos candidatos, por e-mail, os resultados provisórios da avaliação (apresentado sob a forma das atas resultantes do processo de avaliação) até 90 dias úteis após a data limite de submissão de candidaturas. Após esta divulgação, os candidatos dispõem de 10 dias úteis para se pronunciarem, caso entendam, em formulário próprio disponível na página Institucional e nos termos do código do procedimento administrativo (CPA). A decisão final será tomada no prazo máximo de 60 dias úteis após a conclusão da audiência prévia dos interessados, da qual pode ser interposta reclamação no prazo de 15 dias úteis, após a notificação, para o órgão executivo máximo do Politécnico de Leiria. No âmbito do procedimento para a atribuição da bolsa, se a lista de ordenação final, devidamente homologada, contiver um número de candidatos aprovados superior ao número de bolsas a ocupar, é sempre constituída uma reserva de recrutamento interna, à qual se poderá recorrer quando haja necessidade de ocupação por desistência do bolseiro, nos termos do CPA, a ser utilizada durante a elegibilidade do projeto . LEGISLAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO APLICÁVEL: Estatuto do Bolseiro de Investigação, aprovado pela Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, na redação atual; Regulamento nº 950/2019 [Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT, I.P.] (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT2019.pdf). Leiria, 26 de janeiro de 2021. O Presidente do Politécnico de Leiria Rui Filipe Pinto Pedrosa


Número de vagas: 1

Tipo de contrato: A definir

País: Portugal

Localidade: Marinha Grande

Instituição de acolhimento: IPL - INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA


Data limite de candidatura: 23 February 2021


(A data limite de candidatura deve ser confirmada no texto do anúncio)



2. Dados de contactos da organização
2. Organization contact data

Instituição de contacto: Instituto Politécnico de Leiria

Endereço:
Rua General Norton de Matos - Apartado 4133
Leiria - 2411-901


Portugal

Email: [email protected]