Bolsa de Investigação

Publicado 08 Novembro 2019

Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto

Porto (Educação / Formação)


Área Científica: Processamento e Análise de Sinais

Requisitos de admissão: Doutoramento em Engenharia Eletrotécnica, Informática, Biomédica, Mecânica, Ciências da Computação ou outra área afim.

Caso a habilitação tenha sido conferida por instituição de ensino superior estrangeira, a mesma tem de obedecer ao disposto no Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16 de agosto, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até ao ato de contratação.

Plano de trabalhos: Desenvolver metodologias de processamento e análise de sinais, em particular de sinais sonoros e de imagem para detetar, analisar e classificar eventos em cenas urbanas.

(Perfil 115 ? Tarefas: SP3_A2_T2.1 SP3_A2_T2.2 SP3_A2_T2.3 SP3_A2_T2.4 SP3_A4_T4.1 SP3_A4_T4.2 SP3_A4_T4.3 SP3_A5_T5.1 SP3_A5_T5.2 SP3_A5_T5.5 SP3_A6_T6.2 SP3_A6_T6.3 SP3_A6_T6.4 SP3_A6_T6.5 SP8_A2_T2.1.

Estas tarefas podem ser alvo de ajustamento em função da exequibilidade do projeto. Todas as alterações que impliquem a afetação a outras tarefas serão alvo de aprovação prévia da AICEP)

Legislação e regulamentação aplicável: Lei Nº. 40/2004, de 18 de agosto na redação atual (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, em vigor (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamentos.phtml.pt) e Regulamento de Bolsas da Universidade do Porto.

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no Departamento de Engenharia Mecânica da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, sob a orientação científica do Professor Doutor João Manuel R.S. Tavares.

Duração da bolsa e Regime de Atividade: A bolsa terá à duração de 12 meses, com início previsto em novembro de 2019, em regime de exclusividade, eventualmente renovável, mas não ultrapassando a data de conclusão do projeto.

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante mensal da bolsa corresponde a 1509,80? conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). O pagamento será efetuado através de transferência bancária.

Métodos de seleção:

Será feita uma avaliação curricular em que serão ponderados os seguintes fatores:

a) Formação académica (Doutoramento em Engenharia Eletrotécnica/Informática - 5 pontos; Doutoramento em áreas afins - 2 pontos);

b) Experiência em investigação na área de Processamento e Análise de Sinais; (até 1 ano - 2 pontos, superior a 1 ano - 5 pontos).

c) Publicações (uma publicação - 2 pontos, mais do que uma publicação - 5 pontos)

Os quatro candidatos melhor classificados serão selecionados para entrevista (máximo 5 pontos).

A avaliação final resulta da soma da avaliação curricular e da avaliação da entrevista.

Composição da Comissão de Seleção:

Presidente ? Doutora Lígia Maria da Silva Ribeiro

1º vogal efetivo ? Professor Doutor João Manuel Ribeiro da Silva Tavares

2º vogal efetivo ? Professor Doutor Jorge Manuel Gomes Barbosa

1º vogal suplente ? Professor Doutor Fernando Gomes de Almeida

2º vogal suplente ? Professor Doutor Joaquim Gabriel Magalhães Mendes

Forma de publicitação/notificação dos resultados: os resultados da avaliação, serão divulgados através de ofício registado. Para o efeito solicita-se indicação da morada completa no processo de candidatura.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas:

O concurso encontra-se aberto no período de 08-11-2019 a 21-11-2019

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através email para [email protected] e para [email protected], indicando a referência do projeto no assunto (FEUP- Safe Cities-Perfi115 ), acompanhadas dos seguintes documentos: Carta de motivação, Certificados comprovativos das habilitações académicas, Curriculum Vitae detalhado, e outros documentos considerados relevantes pelo candidato.