Bolsa de investigação para Mestre

Publicado 08 Outubro 2019

GRAQ - ISEP

Porto (Telecomunicações)


Edital para abertura de concurso para 1 Bolsa de Mestre no âmbito do projeto TRELAB
Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Mestre no âmbito do projeto TRELAB (Tratamento de Resíduos de Laboratório /Instituto Superior de Engenharia do Porto), nas seguintes condições:
1. ÁREA CIENTÍFICA
Engenharia Química
2. FORMAÇÃO ACADÉMICA
Mestrado em Engenharia Química - especialidade Qualidade
Caso a habilitação tenha sido conferida por instituição de ensino superior estrangeira, a mesma tem de obedecer ao disposto no Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16 de agosto, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até ao ato de contratação.
3. DURAÇÃO E REGIME DE ATIVIDADE
Duração de 6 meses, renovável, com início previsto em dezembro de 2019, em regime de exclusividade.
4. OBJETO DE ATIVIDADE / PLANO DE TRABALHOS
O bolseiro desenvolverá trabalho na área da gestão de resíduos de laboratórios, incluindo tratamento, controlo de qualidade (de acordo com DL nº 236/98 de 1 de agosto e Regulamento distribuição pública e predial de água e de drenagem pública e predial de águas residuais domésticas do SMAS-Porto) e destino final. Será também responsável pela gestão das guias eletrónicas e pelo preenchimento e submissão do Mapa Integrado de Registo de Resíduos na plataforma SiLiAmb. A divulgação e a realização de ações relacionadas com a atividade do TRELAB será também um objetivo a realizar.
5. LEGISLAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO APLICÁVEL
Estatuto do Bolseiro de Investigação, aprovado pela Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, da redação atualmente em vigor, o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, aprovado pelo Regulamento n.º 234/2012, na redação atualmente em vigor.
6. ORIENTAÇÃO CIENTÍFICA E LOCAL DE TRABALHO
Os trabalhos serão desenvolvidos no Instituto Superior de Engenharia do Porto, ISEP, no laboratório GRAQ (Grupo de Reação e Análises Químicas), sob orientação da Profª. Doutora Cristina Delerue Matos e da Doutora Maria Teresa Oliva Teles.
7. SUBSÍDIO DE MANUTENÇÃO MENSAL
Valor mensal da bolsa: ?989,70, pago por transferência bancária (de acordo com tabela de valores da FCT: http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores.phtml.pt), suportada através do PAD n.º C45021.
8. MÉTODOS DE SELEÇÃO E COMPOSIÇÃO DO JÚRI
Os critérios de avaliação são: avaliação curricular (50%) e experiência em tratamento de resíduos, preparação de amostras, na técnica de espectrofotometria de absorção atómica e ainda experiência em atividades de investigação (50%). Se necessário, numa segunda fase, os primeiros classificados na seriação, até ao máximo de seis candidatos, poderão ser entrevistados, tendo a entrevista um peso de 50% e a componente da avaliação curricular realizada na primeira fase um peso de 50%.
O júri terá a seguinte composição: Prof.ª Doutora Cristina Delerue-Matos (Presidente), Prof.ª Doutora Maria Teresa Oliva Teles e Doutor José Tomás Veiga Soares de Albergaria.
9. FORMA DE PUBLICITAÇÃO / NOTIFICAÇÃO DOS RESULTADOS
O anúncio será publicitado no portal do ERACareers e no site do ISEP, podendo ser utilizados outros meios entendidos como relevantes. Os resultados finais da avaliação serão divulgados por e-mail para todos os candidatos.
10. CANDIDATURA
Grau académico: Mestrado em Engenharia Química, especialidade Qualidade Perfil mínimo exigido: formação científica sólida e experiência em investigação no respetivo âmbito de formação. Escrever e falar fluentemente em Inglês. Boa capacidade para o trabalho em equipa. Experiência de trabalho anterior em métodos de preparação e separação de amostras, em métodos instrumentais de análise (espetrofotometria de absorção atómica) e tratamento de dados.
11. PRAZO E FORMA DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS
O prazo de apresentação de candidaturas decorre entre 09 a 22 de outubro de 2019.
As candidaturas devem ser formalizadas através do envio dos seguintes documentos: Carta de apresentação, Curriculum Vitae, documentos comprovativos de que reúne as condições exigíveis para o respetivo tipo de bolsa, nomeadamente certificados de habilitações de todos os graus académicos obtidos, com indicação da média final. A falta de algum dos documentos exigidos na candidatura é motivo de exclusão.
As candidaturas deverão ser enviadas para o seguinte endereço eletrónico: [email protected] (A/C Doutora Teresa Oliva-Teles).
12. RESERVA DE SELEÇÃO
O ISEP reserva-se ao direito de recorrer aos candidatos não selecionados, por ordem de seriação, para a contratação de bolseiro no âmbito do mesmo projeto por via da desistência do candidato inicialmente selecionado.