Bolsa de Investigação

Publicado 23 Maio 2018

Instituto Politécnico de Viana do Castelo

Viana do Castelo (Educação / Formação)


EDITAL PARA A ATRIBUIÇÃO DE BOLSA DE INVESTIGAÇÃO (BI) NO ÂMBITO DE PROJETO DE I&DT Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação mestre no âmbito do projeto I&DT em copromoção Nº 33389, ?RICEPLUS: Desenvolvimento de soluções inovadoras de funcionalização tecnológica e nutricional de arroz Carolino?, Nº POCI-01-0247-FEDER-033389, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI). As condições para atribuição da Bolsa são as seguintes: Área Científica: Ciência e Tecnologia Alimentar Requisitos de admissão: Os/As Candidatos/as às referidas bolsas deverão ser mestres em Engenharia Alimentar ou áreas afins. Deverão possuir experiência de participação em projetos de I&D financiados. O seu papel será inerente à atividade do IPVC no projeto, de acordo com a distribuição em horas considerada nas diferentes tarefas, assegurando ainda a interligação com a empresa promotora. Plano de trabalhos para o primeiro ano: Componente laboratorial: O(a) bolseiro(a) participará nas atividades/tarefas seguintes: 1 Especificações Técnicas 1.1 Levantamento das variedades de arroz carolino do Mondego, Tejo e Sado 1.2 Levantamento e caracterização das matérias-primas passíveis de funcionalizar o arroz Carolino branco 1.3 Definição das variedades de arroz Carolino branco funcionalizado a desenvolver 1.4 Levantamento da legislação e normas, nacionais e internacionais, aplicáveis ao arroz 1.5 Levantamento e definição dos métodos de tratamento e extração de óleo de farelo de arroz pela técnica de micro-ondas 1.6 Levantamento e definição dos métodos de incorporação e estabilização dos novos ingredientes no arroz Carolino branco 2 Desenvolvimento 2.1 Obtenção do óleo de farelo de arroz Carolino 2.2 Desenvolvimento das formulações dos novos ingredientes 2.3 Desenvolvimento de formulações de arroz Carolino branco funcionalizado e/ou colorido - vertente sensorial 2.4 Desenvolvimento de formulações de arroz Carolino branco funcionalizado e/ou colorido - vertente nutricional 2.5 Desenvolvimento das condições de incorporação dos novos ingredientes no arroz Carolino branco (só se inicia no 2º ano) 2.6 Caracterização sensorial e nutricional das formulações de arroz Carolino branco funcionalizado e/ou colorido 2.7 Otimização da formulação da variedade selecionada de arroz Carolino branco cru Outros componentes: Redação de relatórios técnicos e participação em ações de divulgação. Legislação e regulamentação aplicável: Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. ? em vigor (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml) e Estatuto do Bolseiro de Investigação (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/estatutobolseiro). Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo sob a orientação científica da Professora Manuela Vaz Velho. Duração da bolsa: A bolsa tem a duração de 12 meses, com possibilidade de renovação até à data de término do projeto. Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a 980? para candidatos mestres, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores) e será pago através de transferência bancária. A este valor acresce o seguro social voluntário correspondente ao primeiro escalão, caso o candidato opte pela sua atribuição. Avaliação das candidaturas: As candidaturas serão avaliadas tendo em conta os critérios de seleção abaixo enunciados. No caso de desistência do bolseiro selecionado, automaticamente será selecionado o segundo candidato da lista ordenada de seriação dos candidatos e, assim sequencialmente, até esgotar os candidatos apresentados. Critérios de seleção: A avaliação curricular será efetuada com base nos seguintes pontos: habilitações literárias requeridas [30 pontos], experiência de investigação em projetos de I&DT financiados [50 pontos], valorização profissional [20 pontos]. Em caso de empate dos primeiros classificados(as), será realizada uma entrevista [50 pontos] com a seguinte ponderação: competências de expressão oral na língua portuguesa [20 pontos], motivação para os objetivos do projeto [20 pontos] e domínio do inglês [10 pontos]. Composição do Júri de Seleção: Professora Doutora Maria Manuela de Lemos Vaz Velho (Presidente), Professora Doutora Preciosa de Jesus Pires (Vogal efetiva), Professora Doutora Rita Isabel Couto Pinheiro (Vogal efetiva), Professora Doutora Carla Dulcinea Andrade Cerqueira de Borlido Barbosa (vogal suplente) e Professora Maria Alberta Pereira das Neves Araújo (Vogal Suplente). Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada com nota final obtida, afixada no Portal do IPVC (www.ipvc.pt) sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de correio eletrónico. Após a divulgação dos resultados através de e-mail os candidatos devem considerar-se, desde logo, notificados para, querendo, se pronunciarem em sede de audiência prévia no prazo máximo de 10 dias úteis após aquela data. No término deste prazo o candidato selecionado deve considerar-se convocado para iniciar a bolsa. Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de dia 08 de junho a 21 de junho de 2018. As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura referindo o título e referência do projeto, descrevendo a motivação e os objetivos profissionais do candidato, acompanhada dos seguintes documentos: (1) Curriculum vitae, (2) Cópia dos certificados de habilitações com discriminação das classificações obtidas nas disciplinas do respetivo curso e classificação final, (3) Documento atualizado comprovativo da situação profissional, com indicação da natureza do vínculo, funções, e carga horária média anual (se aplicável), podendo substituí-lo por declaração sob compromisso de honra caso não exerça qualquer atividade profissional ou de prestação de serviços, (4) Até três cartas de referência (facultativo). As candidaturas deverão ser enviadas por e-mail para otic@ipvc.pt e ainda via correio para: Instituto Politécnico de Viana do Castelo OTIC-IPVC Rua Escola Industrial e Comercial de Nun?Álvares, n.º 34 4900-347 Viana do Castelo | PORTUGAL