Bolsa de pós-doutoramento

Publicado 06 Dezembro 2018

Universidade de Coimbra

Lisboa (Educação / Formação)


Anúncio para atribuição de Bolsa de Pós-Doutoramento


A Universidade de Coimbra abre concurso para atribuição de uma bolsa de pós-doutoramento, no âmbito do projeto ?FCT/Tubitak 2014 ? Modelos dinâmicos em mecânica dos sólidos e em imagiologia permitindo descontinuidades tipo 1-Laplaciano? com a referência TUBITAK/0005/2014, com as seguintes características:

N.º de bolsas: 1.

Tipo de Atividade: A presente bolsa tem como objetivo o desenvolvimento de trabalhos de investigação, no âmbito de formação avançada de natureza pós-doutoral.

O/A bolseiro/a terá como atividades o estudo de modelos dinâmicos com descontinuidades tipo

1-Laplaciano. Esses tipos de problemas surgem em diferentes contextos, tais como imagens e mecânica dos sólidos e são difíceis de tratar devido à natureza não-linear e aparente descontinuidade das equações governantes.


Financiamento: Projeto financiado por fundos nacionais através da FCT/MCTES.


Destinatários da (s) bolsa (s): Doutorados em Matemática.


Local de realização da (s) Bolsa (s): Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra.


Duração da (s) Bolsa (s): 5,5 meses.


Renovação: não renovável.


Orientação Científica: Doutor Dmitry Vorotnikov.


Condições Financeiras da Bolsa: A bolsa ascende a ? 1.495,00 correspondente ao subsídio mensal de manutenção estipulado na tabela FCT. Este subsídio mensal será pago no final do mês, por transferência bancária (A este valor acresce o seguro social voluntário correspondente ao primeiro escalão, caso o candidato opte pela sua atribuição, bem como o seguro de acidentes pessoais). O valor da bolsa não aumentará ao longo de todo o período da sua duração.


Regime de Atividade: A atribuição da bolsa não gera nem titula uma relação de natureza jurídico-laboral, é exercida em regime de dedicação exclusiva. É atribuído ao Bolseiro o Estatuto de Bolseiro da UC, conforme disposto no Estatuto do Bolseiro de Investigação, no Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., ambos na sua redação atual.


Método (s) de seleção: Avaliação curricular (70%) e entrevista (30%). Só serão entrevistados os candidatos que forem aprovados na analise curricular.

Conhecimentos na área de EDPs, fluxos de gradiente e transporte ótimo.


Critérios de seleção e atribuição: Na Avaliação Curricular serão considerados os seguintes critérios:

1) Adequação dos conhecimentos ao objetivo da atividade (50%);

2) Qualidade dos currícula 50%..


Formalização da candidatura: As candidaturas devem ser formalizadas através do envio dos seguintes documentos:

  • Certificado de habilitações
  • Curriculum vitae com uma lista de publicações em formato digital.

Os candidatos com graus académicos obtidos no estrangeiro terão, obrigatoriamente, de apresentar os registos de reconhecimento desses graus e de conversão das respetivas notas finais para a escala de classificação portuguesa (sempre que ao grau estrangeiro tenha sido conferida uma classificação final), emitidos pela Direção-Geral do Ensino Superior ou por instituição de ensino superior público portuguesa (regime regulamentado pelo Decreto-Lei n.º 341/2007, de 12 de outubro) ou, em alternativa, apresentar o documento de reconhecimento/equivalência das habilitações estrangeiras às correspondentes habilitações portuguesas, emitido por uma instituição de ensino superior público portuguesa (processo regulado pelo Decreto-Lei n.º 283/83, de 21 de junho).


Envio da candidatura: As candidaturas deverão ser enviadas para o email cmuc@mat.uc.pt.


Composição do júri de seleção: Professor Doutor Dmitry Vorotnikov, Prof. Doutor Ivan Yudin e Prof. Doutor Luís Miguel Dias Pinto.


Prazo para formalização da candidatura: Entre 21/12/2018 e 07/01/2019.


Data de Publicitação: 06/12/2018.


Data limite de candidatura: 07/01/2019.


Informações complementares: Os resultados da avaliação serão divulgados até 90 dias úteis a contar da data limite de submissão de candidaturas, através de envio de comunicação aos candidatos, via correio eletrónico. Após a divulgação dos resultados, os candidatos serão notificados para, caso pretendam, se pronunciarem em sede de audiência prévia no prazo máximo de 10 dias úteis após aquela data. Findo este prazo, os candidatos selecionados terão que declarar, por escrito, a sua aceitação e comunicar a data do início efetivo da bolsa. Salvo apresentação de justificação atendível, a falta da declaração dentro do prazo referido equivale a renúncia à bolsa. Em caso de renúncia ou desistência do candidato selecionado, será notificado o candidato imediatamente melhor classificado.